Página Inicial

English (United Kingdom)

 

Morada:
Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL)
Alameda da Universidade - Faculdade de Letras
1600-214 Lisboa
Portugal

Horário de atendimento:
2ª a 6ª-feira,

10h00 às 17h00

Email:
centro.ang@letras.ulisboa.pt 

facebook

Telefone:
(00351) 21 792 00 92

 

FCT_V_cor



 

 

FLUL

logo

ESC # 32 Oficina Videojogos: Concepção, Interpretação, Teoria e Imaginação
cartaz_ESC_Videojogos2-page-001

 

INSCRIÇÕES ATÉ 15 DE JUNHO

Data:
22 - 23 de Junho
Local: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Organização: CEAUL

Ficha de inscrição

 

Resumo: Pensado como uma parceria entre o INESC-ID e o CEAUL, a presente oficina pretende problematizar o videojogo, partindo de diferentes perspectivas, nomeadamente a nível das competências exploradas pela área da Tecnologia à qual se procurará acrescentar uma leitura das Humanidades. Aliando a vertente prática, pela criação de um videojogo, à dimensão crítica, tentar-se-á reflectir sobre uma das manifestações culturais mais relevantes na sociedade contemporânea portuguesa, influenciada directamente pela cultura anglo-americana global.

Formadores: Carlos Martinho,* Rui Prada* (IST – INESC-ID), Ana Daniela Coelho,* Ana Rita Martins,* João Felix*
Língua
: Português
Horário
: a anunciar brevemente
Inscrição
: 50 € (estudantes / CEAUL: 25 €)
Data limite de inscrição: 15 de Junho

 

Síntese dos conteúdos programáticos

Módulo I: Introdução ao videojogo:

- breve conceptualização: o que é um videojogo?

- desenvolvimento e construção de um videojogo

- discussão crítica sobre videojogos criados

 

Módulo II: O videojogo e a linguagem literária

- problematização de conceitos literários e sua aplicabilidade ao videojogo

- análise literária e cultural – exemplos escolhidos

- análise literária e cultural – videojogos criados pelos participantes

 

Módulo III: Videojogo: entre as Humanidade e a Tecnologia

- diálogo com os participantes sobre as diferentes perspectivas abordadas


*Carlos Martinho é Professor do Departamento de Engenharia Informática do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, onde lecciona sobre diversas temáticas associadas com videojogos, computação gráfica e vida artificial. É investigador no Grupo de Agentes Inteligentes e Personagens Sintéticas do INESC-ID, onde desenvolve actividade de investigação na área de inteligência Artificial e Computação Afectiva aplicada a Videojogos. É co-autor do livro Design e Desenvolvimento de Jogos (FCA, 2014) e esteve envolvido em mais de uma dúzia de projectos internacionais relacionados com a criação de jogos sérios.

*Rui Prada é Professor Assistente no Departamento de Engenharia Informática do Instituto Superior Técnico - Universidade de Lisboa, onde lecciona as disciplinas de Concepção Centrada no Utilizador, Agentes Autónomos e Sistemas Multi-agente, Desenho e Desenvolvimento de Jogos e Tecnologias de Jogos e Simulação. É investigador no INESC-ID, no grupo de Agentes Inteligentes e Personagens Sintéticas e co-autor do livro Design e Desenvolvimento de Jogos (FCA, 2014) e co-fundador da Sociedade Portuguesa de Ciência dos Videojogos.

*Ana Daniela Coelho é investigadora do Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de   Lisboa   (CEAUL/ULICES),   no   Grupo   de   Investigação 1   -   Estudos   Ingleses: Literatura. No mesmo centro faz também parte do Grupo Mensageiros das Estrelas, dedicado ao estudo da ficção científica e da fantasia. É actualmente bolseira FCT, estando a desenvolver um projecto sobre Jane Austen para múltiplas plataformas.

*Ana Rita Martins é leitora na Universidade de Lisboa e investigadora no centro CEAUL (GI 1). É licenciada em LLM – Estudos Ingleses, tem um mestrado em Literatura Inglesa Medieval e está actualmente a trabalhar no seu projecto de doutoramento em Romance Medieval. Os seus principais interesses incluem: mitos e lendas arturianas, medievalismo, literatura fantástica e ficção científica e as suas adaptações ao ecrã.

*João Félix é doutorado em Ficção Científica Americana e é investigador no Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa. Também é argumentista para televisão e traduziu as adaptações literárias doa série Assassin's Creed. A sua investigação actual centra-se em Ficção Científica e jogos de computador, com um especial interesse em media comparativo e participação do interlocutor.

 
Voltar
Topo

Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL)