Homepage

Português (pt-PT)

 

Address:
University of Lisbon Centre for English Studies (ULICES)
Alameda da Universidade
Faculdade de Letras
1600-214 Lisboa
Portugal

Opening hours:
Monday - Thursday: 9.15am - 1.15pm and 2pm - 5pm

Email:
centro.ang@letras.ulisboa.pt 

facebook

Telephone:
(00351) 21 792 00 92

 

FCT_V_cor

 

 



FLUL

logo

34th APEAA Meeting
  

Academy as Community: English and American Studies in Portugal and Europe

Date: May 9-10, 2013
Organisation: APEAA / ULICES
Venue: Faculty of Letters of the University of Lisbon

More information
Programme

Há muito que a tradição dos Estudos Ingleses e Americanos em Portugal se tem apoiado na dinâmica do associativismo académico, na qual a rede de parcerias da APEAA assume destaque, envolvendo instituições nacionais e internacionais e estabelecendo interacções contínuas com os centros de investigação. Numa época em que os paradigmas político-culturais estão à beira da crise e/ou da mudança, é fundamental revisitar as estruturas teóricas e pragmáticas que sustêm (e constrangem) as nossas práticas de investigação. De facto, as Humanidades enfrentam presentemente desafios causados pela crescente interferência de um discurso científico e utilitário baseado no empirismo e na lógica, a expensas da imaginação e da criatividade, bem como a ameaça da política de austeridade que desvaloriza o investimento na cultura e na memória. Assim, esta conferência, organizada em colaboração com o CEAUL (Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa), visa providenciar um fórum para discutir o modo como a produção académica dos Estudos Anglo-Americanos, com a sua vocação para a pluralidade e para propostas interdisciplinares inovadoras, pode progredir. Queremos também construir estratégias de coesão entre os nossos colegas, de forma a disseminar melhor o nosso contributo para a interpretação e a fruição de sentidos, valorizando a pluralidade de manifestações culturais e estéticas.
Porque está no cerne das Humanidades encontrar novas formas de ler e narrativas alternativas, no contexto contemporâneo precisamos de consolidar e explorar vias de contacto com as comunidades ao nível local, nacional e transnacional.
Este congresso será estruturado em sessões plenárias e paralelas, mesas-redondas e contará ainda com apresentações de posters. Dado que a integração de jovens investigadores é essencial para a renovação das nossas instituições, fazemos um apelo especial aos alunos de licenciatura e de pós-graduação para que proponham posters (dimensão máxima A1 = 841 x 594 mm) com os seus projectos de investigação em curso, que serão expostos, apresentados e discutidos durante a conferência. Dado que o diálogo entre profissionais a trabalhar em diversos ambientes de aprendizagem e de investigação é essencial para promover conexões vitais bem como o diálogo entre a academia e a comunidade, vamos organizar mesas-redondas para encorajar debates sobre o associativismo e sobre metodologias e temáticas de investigação dentro das áreas Anglo-Americanas.


Conferencistas plenários
Fátima Vieira, Jonathan Culpeper, Teresa F. A. Alves, Winfried Fluck

Aceitamos  i) resumos de 300 palavras para comunicações de 20 minutos ou ii) posters, sobre tópicos que podem incluir mas não se limitam a: 

  • Estudos Anglo-Americanos e transdisciplinaridade: literatura, tradução, cultura, artes, língua(s) e discurso
  • Estudos Anglo-Americanos em Portugal
  • (Variedades do) Inglês no Mundo
  • Política e as Humanidades nos Estudos Anglo-Americanos
  • Geopolítica e hegemonia cultural
  • O colapso do sistema de carreiras na profissão docente
  • Doutoramentos em crise
  • Avaliação e análises de qualidade
  • I&D, políticas de concessão de bolsas
  • Graduação e rácios no sistema educativo
  • Métodos, estratégias e ferramentas para enfrentar os actuais desafios pedagógicos
  • Crise e imaginação no século XXI
  • Cooperação vs. competição
  • Editores, editoras, escritores e o público leitor para a investigação académica
  • Contactos com a comunidade
  • Estudos críticos, critérios científicos e criatividade
  • Impacto económico e social dos Estudos Anglo-Americanos
  • Novas práticas e sites de trabalho académico em rede (blogues, wikis, FB, Twitter...)
  • Novos modelos de publicação, distribuição e acesso à pesquisa académica
  • Desenvolvimento profissional de investigadores em início de carreira
  • Políticas de investigação na Europa Meridional
  • Tarefas múltiplas na academia: projectos de investigação, docência, contactos com o público e com os meios de comunicação social


Comissão Organizadora
Alexandra Assis Rosa
Ana Cristina Mendes
Diana V. Almeida
Fernando Barragão
Jean Page
Luísa Flora
Margarida Vale de Gato
Rita Queiroz de Barros

Comissão Científica
Teresa Cid
Isabel Fernandes
Luísa Flora

Organizadores
CEAUL — Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa
FLUL — Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

 
Back
Top

University of Lisbon Centre for English Studies (ULICES)