Página Inicial

English (United Kingdom)

 

Morada:
Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL)
Alameda da Universidade - Faculdade de Letras
1600-214 Lisboa
Portugal

Horário de atendimento:
2ª a 6ª-feira,

10h00 às 17h00

Email:
centro.ang@letras.ulisboa.pt 

facebook

Telefone:
(00351) 21 792 00 92

 

FCT_V_cor



 

 

FLUL

logo

“Representations of Home Open Seminar” 2 | “Portuguese at Home in North America?”
RHOSE2_1_1-page-001

 

Data: 7 Maio
Local:  Sala 7.1 | Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Organização: CEAUL

 

O Projecto “Representations of Home” (RHOME) do Grupo de Investigação 4 do Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL/ULICES) tem o prazer de o/a convidar para o segundo “Representations of Home Open Seminar” (RHOSE 2), a realizar na quarta-feira, dia 7 de Maio, na Sala 7.1, da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, das 18h às 20h.

Este seminário, subordinado ao tema “Portuguese at Home in North America?”, contará com as seguintes intervenções:

Teresa Cid

Em casa na fotografia do New Deal? Notas sobre algumas fotografias de luso-americanos

Uma leitura contextualizada de um par de fotografias de lares luso-americanos (e luso-americanos no lar) pertencentes ao acervo do projecto documental do New Deal servirá de ponto de partida para uma discussão sobre aspectos ligados a representação de imigração, etnicidade, classe, propósitos individuais e colectivos, e também cultura material.


Emily Ashby

O Espírito Santo atravessa o oceano: (Re)interpretações de tradições açorianas salientes do Novo Mundo

O que é que um povo imigrante considera importante sobre a sua cultura, e como é que se adapta ao seu novo lar? Este trabalho explora a literatura, os ritos religiosos e as tradições comunitárias trazidas para a América do Norte por imigrantes açorianos do século XX, e o modo como a encenação das mesmas foi moldada pelo novo país. Será dada especial atenção às tradições que sobreviveram à translocação e às suas marcas de uma “açorianidade” particular, à relação que gerações sucessivas têm com estas práticas frequentemente distorcidas e ao modo como são uma lente através da qual descendentes açorianos e membros da comunidade não açorianos percebem um arquipélago com o qual têm uma ligação ténue.

 

A entrada é livre.

 
Voltar
Topo

Centro de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa (CEAUL)